Como preparar e pintar paredes

Pintar a casa é uma bela forma de renovar os ambientes de forma prática e sem gastar muito. Além disso, a tarefa é tão simples, que nem sempre demanda a contratação de um profissional. Ainda assim, vale destacar que mesmo não tendo muitos segredos na hora de pintar as paredes dos imóveis, é preciso tomar alguns cuidados no preparo da superfície, a fim de evitar dores de cabeça no futuro.

Quer  saber que cuidados são esses? Então fique ligado no manual da reforma.

Comece pela observação

O primeiro passo, antes de começar a pintar a parede, é observar a superfície. Veja se a parede está suja, verifique se há tinta descascando, confira se tem mofo na parede e observe se ela está esfarelando, se tem tricas ou até mesmo buracos.

Essa análise é indispensável e pode fazer toda diferença no resultado final.

Lembre-se que até paredes em bom estado precisam de preparo

Ainda que a parede esteja em bom estado – sem qualquer sujeira, irregularidades, manchas, tintas, mofo e buraco – é necessário preparar a parede.

O preparo básico consiste em lavar e secar a superfície, depois de lixá-la com lixa para  nº 36. Após lixar, deve-se retirar o pó usando uma vassoura limpa e passar um pano úmido para finalizar.

É importante cumprir todas essas etapas para a tinta não descascar futuramente.

Use água e sabão neutro para eliminar manchas

Caso após a triagem, você perceba que a parede tem manchas de mãos, graxa ou outras sujidades, lave a superfície com água e sabão neutro.

Depois disso, espere secar, lixe normalmente e elimine o pó.

Redobre a atenção quando tiver mofo

Se a parede estiver mofada, a tendência é que a pintura não fique boa. Sendo assim, o ideal é lavar a parede com água sanitária e deixar o produto agir por uma hora. Após esse tempo, enxágue e aguarde a secagem antes de realizar a pintura.

Nivele a parede se ela estiver descascando

Se os adesivos, papéis de parede ou textura acabarem descascando a pintura e desnivelando a superfície, o mais indicado é lixar a parede e raspar com a espátula. Já se a tinta estiver esfarelando, será necessário remover o reboco e refazer tudo.

Use massa corrida para deixar a parede regular

No caso de buracos, fazer o preenchimento com massa corrida é a melhor pedida. Aqueles buracos de prego, por exemplo, podem ser tapados com a massa.

Vale ressaltar que a massa acrílica deve ser usada em áreas molhadas (cozinhas, banheiros, sauna, lavanderia) e também em ambientes externos (fachada, varanda, área gourmet). Já a massa PVA deve ser utilizada em ambientes internos.

Quando houver imperfeições mais profundas, será preciso aplicar argamassa para reboco e só depois, a massa corrida.

Dicas extras:

  • Depois da aplicação da massa corrida, espere a secagem completa e aplique o fundo selador antes de passar a tinta.

  • Quando a parede for recém-construída, espere o reboco secar por pelo menos 28 dias antes do preparo para pintar.

  • A massa corrida deve secar e depois o pintor deve aplicar um fundo selador.

  • Nas paredes de gesso, use um fundo reparador antes da pintura, pois isso melhora a cobertura, acabamento e fixação da tinta.

  • Se a parede tem problemas como infiltrações e rachaduras, uma simples pintura não resolve. É melhor fazer os reparos primeiro.

E aí, gostou das nossas dicas?

Mas, se você prefere contratar profissionais de pintura para o seu imóvel, basta preencher o formulário ao lado que nossos especialistas entrarão em contato com você em até 24h. Vale lembrar que na RenoveJÁ o seu orçamento é gratuito, você parcela em até 12x e tem 1 ano de garantia.

Solicitar Orçamento

4 + 11 =

Como decorar com cimento queimado?

Como decorar com cimento queimado?

Qual decoração usar com cimento queimado? O cimento queimado virou febre entre arquitetos e clientes nos últimos anos. Isso porque, além de lindo, a textura é extremamente versátil, podendo ser usada em paredes, pisos, vasos, bancadas e até móveis. Da mesma forma, o...